Times fantásticos que encantaram os Anos 90.

Não é em ordem de melhor para o pior, ou vice e versa. E desculpe-nos se esquecermos de alguns, pois eram muitos.

12. BARCELONA 1988-1994

Grandes feitos: Campeão da Liga dos Campeões da UEFA (1991/1992), Campeão da Taça dos Clubes Vencedores de Taças da UEFA (1988/1989), Campeão da Supercopa da UEFA (1992), Tetracampeão espanhol (1990/1991, 1991/1992, 1992/1993 e 1993/1994), Bicampeão da Copa do Rei (1987/1988 e 1989/1990) e Tricampeão da Supercopa da Espanha (1991, 1992 e 1994).

Time base: Zubizarreta; Ferrer, Nadal, Ronald Koeman e Juan Carlos (Sergi); Amor (Eusébio Sacristán), Guardiola (Bakero) e Michael Laudrup; Begiristain (Salinas), Stoichkov e Romário. Técnico: Johan Cruyff.

11. VASCO 1997-1998

Grandes feitos: Campeão da Copa Libertadores da América (1998), Campeão Brasileiro (1997) e Campeão Carioca (1998).

Time base: Carlos Germano; César Prates (Vágner), Mauro Galvão, Odvan e Felipe; Nasa, Luisinho, Juninho Pernambucano e Pedrinho (Ramón); Edmundo (Donizete) e Evair (Luizão). Técnico: Antônio Lopes.

10. GRÊMIO 1994-1997

GRÊMIO 1994-1997

 Grandes feitos: Campeão da Copa Libertadores da América em 1995, Campeão da Recopa Sul-Americana em 1996, Campeão Brasileiro em 1996, Bicampeão da Copa do Brasil em 1994 e 1997 e Bicampeão Gaúcho em 1995 e 1996.

Time base: Danrlei; Arce, Adílson (Mauro Galvão), Rivarola e Roger; Dinho, Luiz Carlos Goiano, Émerson (Arílson) e Carlos Miguel; Paulo Nunes (Nildo) e Jardel (Zé Alcino / Aílton). Técnicos: Luiz Felipe Scolari (1994-1996) e Evaristo de Macedo (1997).

9. JUVENTUS 94/98

Grandes feitos: Campeã Mundial Interclubes em 1996, Campeã da Liga dos Campeões da UEFA em 1995-1996, Campeã da Supercopa da UEFA em 1996, Tricampeã Italiana em 1994-1995, 1996-1997 e 1997-1998, Campeã da Copa da Itália em 1994-1995 e Bicampeã da Supercopa da Itália em 1995 e 1997.

Time base: Peruzzi; Pessotto (Porrini), Ferrara (Torricelli), Paolo Montero (Vierchowod) e Iuliano (Di Livio); Deschamps, Paulo Sousa (Davids), Conte (Jugovic) e Zidane; Del Piero (Ravanelli) e Vialli (Inzaghi). Técnico: Marcello Lippi.

8. PALMEIRAS 98/00

Grandes feitos: Campeão da Copa Libertadores da América (1999), Campeão da Copa Mersosul (1998), Campeão da Copa do Brasil (1998), Campeão da Copa dos Campeões (2000) e Campeão do Torneio Rio-SP (2000).

Time base: Marcos (Velloso); Arce, Júnior Baiano (Cléber), Roque Júnior e Júnior; César Sampaio, Rogério (Galeano), Alex e Zinho; Paulo Nunes (Euller) e Oséas (Evair). Técnico: Luis Felipe Scolari.

7. RIVER PLATE 1996-1997

Grandes feitos: Campeão da Copa Libertadores da América em 1996, Campeão da Supercopa da Libertadores em 1997 e Tricampeão do Campeonato Argentino (1996-Apertura, 1997-Clausura e 1997-Apertura).

Time base: Germán Burgos; Hernán Díaz, Celso Ayala, Guillermo Rivarola (Berizzo) e Altamirano (Sorín); Escudero, Almeyda (Astrada), Cedrés (Gallardo) e Ortega (Sergio Berti); Crespo (Marcelo Salas) e Francescoli. Técnico: Ramón Angél Díaz.

6. MANCHESTER UNITED 98/99

Grandes feitos: Campeão Mundial Interclubes (1999), Campeão da Liga dos Campeões da UEFA (1998-1999), Campeão Inglês (1998-1999) e Campeão da Copa da Inglaterra (1998-1999). Foi o primeiro time da Inglaterra a vencer um título Mundial e o primeiro time da Inglaterra a vencer a tríplice coroa (Campeonato Inglês, Copa da Inglaterra e Liga dos Campeões) na mesma temporada.

Time base: Schmeichel (Bosnich); Gary Neville, Johnsen, Stam e Irwin (Silvestre); Roy Keane, Nicky Butt, David Beckham e Paul Scholes (Teddy Sheringham); Ryan Giggs; Dwight Yorke (Solskjaer / Andy Cole). Técnico: Alex Ferguson.

5. BORUSSIA DORTMUND 94/97

Grandes feitos: Campeão Mundial Interclubes (1997), Campeão da Liga dos Campeões da UEFA (1996-1997), Bicampeão Alemão (1994-1995 e 1995-1996) e Bicampeão da Supercopa da Alemanha (1995 e 1996).

Time base: Stefan Klos; Jörg Heinrich, Martin Kree, Matthias Sammer (Wolfgang Feiersinger), Jürgen Kohler (Júlio César) e Stefan Reuter; Paul Lambert (Steffen Freund) e Paulo Sousa (Michael Zorc); Andreas Möller; Karl-Heinz Riedle (Heiko Herrlich / René Tretschok) e Stéphane Chapuisat (Lars Ricken).

Técnicos: Ottmar Hitzfeld (1994-1997) e Nevio Scala (1997).

4. AJAX 93/96

Grandes feitos: Campeão Mundial Interclubes (1995), Campeão Invicto da Liga dos Campeões da UEFA (1994-1995), Campeão da Supercopa da UEFA (1995), Tricampeão Holandês (1993-1994, 1994-1995* e 1995-1996) e Bicampeão da Supercopa da Holanda (1994 e 1995). *Campeão invicto.

Time-base: Edwin van der Sar; Reiziger, Danny Blind, Frank de Boer e Bogarde (Rijkaard); Ronald de Boer, Seedorf (Kanu), Finidi George e Davids; Jari Litmanen e Marc Overmars (Patrick Kluivert). Técnico: Louis van Gaal.

3. SÃO PAULO 91/94

Grandes feitos: Bicampeão Mundial Interclubes em 1992 e 1993, Bicampeão da Libertadores da América em 1992 e 1993, Campeão Brasileiro em 1991, Campeão da Supercopa da Libertadores em 1993, Bicampeão da Recopa Sul-Americana em 1993 e 1994, Campeão da Copa Conmebol em 1994 e Bicampeão Paulista em 1991 e 1992.

Time base: Zetti; Cafu, Adílson (Válber), Ronaldão e Ronaldo Luís (André Luiz); Pintado (Doriva), Dinho, Cerezo e Raí (Leonardo); Muller e Palhinha. Técnico: Telê Santana.

2. PARMA 98/00

Grandes feitos: Campeão da Copa da UEFA (1998-1999), Campeão da Copa da Itália (1998-1999) e Campeão da Supercopa da Itália (1999).

Time base: Buffon; Thuram (Benarrivo), Sensini, Cannavaro e Vanoli (Apolloni); Boghossian, Dino Baggio, Diego Fuser (Stefano Fiore) e Verón (Ortega); Chiesa (Balbo) e Crespo. Técnico: Alberto Malesani.

1. MILAN 91/95

Grandes feitos: Campeão Invicto da Liga dos Campeões da UEFA (1993-1994), Campeão da Supercopa da UEFA (1994), Tricampeão Italiano (1991-1992 invicto, 1992-1993 e 1993-1994) e Tricampeão da Supercopa da Itália (1992, 1993 e 1994).

Time base: Rossi; Maldini, Baresi, Costacurta (Filippo Galli) e Tassotti (Panucci); Albertini (Rijkaard), Donadoni (Evani / Desailly), Ruud Gullit (Simone) e Boban (Eranio); Marco van Basten (Savicevic / Papin) e Massaro. Técnico: Fabio Capello.

Esse apanhado é para todos os amantes do futebol que apreciam um futebol bem jogado, além de raça. Saudades do amor a camisa!

Mostrar mais

Artigos relacionados

Verifique também

Close
Close